Diferença entre TIN e TAN

Todos os países do mundo cobram impostos tanto dos cidadãos quanto das empresas. Com tantos impostos diferentes e números de impostos associados para cada país, não é de se admirar que as pessoas fiquem confusas sobre quais números são aplicáveis ​​em diferentes circunstâncias.

Dois números que são freqüentemente confundidos são TIN e TAN. O número de identificação do contribuinte (TIN) e o número da conta de cobrança e dedução fiscal (TAN) podem parecer semelhantes à primeira vista, mas na realidade esses números são muito diferentes. No entanto, ambos os números têm o objetivo de ser um número de identificação fiscal.



O que é TIN?

O TIN é um acrônimo para o Número de Identificação do Contribuinte. Qualquer entidade que paga imposto sobre valor agregado (IVA) deve ter um número TIN. Isso inclui, mas não está limitado a, comerciantes, varejistas de tijolo e argamassa, lojas de comércio eletrônico (online), fabricantes de produtos ou serviços ou qualquer outro tipo de comerciante que agrega valor aos produtos ou serviços para os consumidores. É um requisito obrigatório ao qual essas entidades devem cumprir.

O TIN é benéfico tanto para o estado quanto para a entidade individual. Um número de identificação de contribuinte dá à entidade a oportunidade de ter um local centralizado para todas as transações de IVA. Ele pode ver claramente quanto IVA foi cobrado, pago ou deve ser pago em um futuro próximo.



A introdução do TIN foi um método para modernizar os sistemas fiscais anteriores. O objetivo era utilizar a Tecnologia da Informação (TI) para lidar com todas as atividades tributárias, incluindo processamento, contabilidade, cobrança e monitoramento de impostos. Além disso, o TIN abriu caminho para um monitoramento global, pois os processos de Tecnologia da Informação envolvidos possibilitam o acesso aos dados de uma entidade em todos os estados, independentemente de onde a entidade foi inicialmente cadastrada.

Na maioria dos países, é responsabilidade do Departamento de Imposto de Renda fornecer um NIF para uma entidade. No entanto, o Internal Revenue Service (IRS) ou o Social Security Agency atribuirá o TIN nos Estados Unidos.



O que é TAN?

O Número de conta de cobrança e dedução fiscal (TAN) é atribuído a bancos ou empresas. Este número é usado para controlar as cobranças de impostos (TCS) e as deduções fiscais (TDS) que ocorrem na fonte.

Um exemplo básico de empresa que exige um TAN é aquela em que o salário dos funcionários tem impostos deduzidos do salário antes de pagar o valor líquido ao funcionário. O Departamento de Imposto de Renda atribuirá o TAN a uma empresa.

Diferença entre TIN e TAN

  • Composição do número para TIN e TAN

O TIN consiste em apenas 11 dígitos numéricos. O estado em que o TIN foi emitido é indicado pelos dois primeiros dígitos.



TAN é um número alfanumérico que contém números e letras. Os primeiros quatro dígitos são letras alfabéticas que indicam o estado onde o número foi emitido e a inicial da entidade proprietária do TAN. Os próximos cinco dígitos são números aleatórios e o último dígito é uma letra alfabética que serve como um cheque.

  • Razão do número

Um TIN é usado para rastrear todas as transações relacionadas ao IVA para uma empresa ou indivíduo específico. Indica quando o IVA foi pago e quando deve ser pago no futuro.

O TAN ajuda as agências estaduais a monitorar o imposto arrecadado na fonte (TCS) e o imposto retido na fonte (TDS). Toda a documentação deve conter este número de identificação para fins de referência.

  • Entidades para registrar

Qualquer entidade ou indivíduo responsável pelo pagamento do IVA ou pelo pagamento do IVA deve ter um código TIN. Exportadores, fabricantes, varejistas físicos e online devem se registrar no TIN.

Qualquer entidade que deduz ou cobra impostos em sua fonte é obrigada a ter um número TAN. Pode ser qualquer banco ou empresa que deduza impostos dos salários de seus funcionários.

  • Atribuindo agência para TIN e TAN

O TIN é atribuído a entidades pela Receita Federal ou pela Previdência Social; O TAN é atribuído pelo departamento de Imposto de Renda.

TIN vs. TAN: Gráfico de Comparação

Resumo do TIN vs. BRONZEADO

  • TIN é um código de 11 dígitos que consiste apenas em números; enquanto TAN é um código alfanumérico que contém números e letras alfabéticas.
  • Os primeiros dígitos do TIN e do TAN indicam em que estado o número foi emitido para a entidade.
  • TIN é usado para monitorar transações de IVA sob um número; A TAN monitora as transações de uma entidade que se relacionam aos impostos cobrados ou deduzidos na fonte.
  • Qualquer entidade que deve pagar IVA ou que paga IVA deve registrar-se para receber um código TIN; qualquer entidade que cobra ou deduz impostos na fonte deve se registrar para um código TAN.
  • Os códigos são atribuídos pela Receita Federal ou pela Previdência Social no caso do TIN e pelo Departamento de Imposto de Renda no caso do TAN.
  • Tanto o TIN quanto o TAN serão emitidos pelo estado em que a entidade se aplica; no entanto, o mesmo código é válido em todos os estados e qualquer estado pode monitorar as transações da entidade.
  • Tanto o TIN quanto o TAN permitem que os órgãos estaduais monitorem as transações fiscais das entidades. Além disso, torna a evasão fiscal por parte das empresas menos provável devido às medidas de controle mais rígidas.