Diferença entre competição perfeita e competição monopolística

As competições perfeitas e monopolísticas são formas de estrutura de mercado que determinam o nível de competitividade entre as empresas de uma determinada região.



O que é competição perfeita?

O termo competição perfeita é usado para descrever um cenário de mercado onde há um grande número de vendedores e compradores que estão vendendo e comprando bens e serviços semelhantes.

Sendo os produtos e serviços comprados ou vendidos neste cenário de mercado, não existem barreiras à entrada ou saída e os preços são quase idênticos.

É difícil ter um mercado com características que demonstrem uma competição perfeita, mas o cenário é usado para ajudar a entender outras estruturas de mercado, que incluem competições monopolísticas ou oligopolísticas.



O que é competição monopolística?

A competição monopolística é usada para explicar um cenário em que há um grande número de compradores de um produto específico, mas muito poucos vendedores do mesmo produto.

Um vendedor dominante controla preços, qualidade e quantidade de produtos ou serviços em competição monopolística.



Diferença entre competição perfeita e competição monopolística

Determinação de preços para concorrência perfeita e monopolística

Na competição perfeita, as forças da demanda e da oferta determinam os preços dos bens e serviços. Isso significa que todas as empresas nesse mercado vendem os produtos a esse preço.

Os preços dos bens e serviços em uma competição monopolística são determinados pelas empresas nesse mercado. Cada empresa vende produtos a seus preços.

No entanto, a empresa dominante em uma competição monopolística tem um efeito cascata pelo qual pode determinar os preços de bens e serviços nesse mercado.



Padronização de produtos em competição perfeita e monopolística

A padronização de produtos e serviços caracteriza a concorrência perfeita. Isso significa que todos os produtos desse mercado têm características semelhantes e são produzidos com a mesma tecnologia.

Por outro lado, bens e serviços oferecidos na competição monopolística não são padronizados. Os produtos e serviços fornecidos não possuem características semelhantes e não são produzidos com a mesma tecnologia.

Os consumidores usam as diferentes características dos produtos e serviços para determinar quais mercadorias comprar de acordo com o gosto e as preferências.

Número de vendedores e compradores em competição perfeita e monopolística

Um grande número de vendedores que produzem bens e serviços semelhantes caracteriza a estrutura de mercado em concorrência perfeita. Além disso, a concorrência perfeita tem um grande número de compradores comprando os produtos produzidos pelas empresas.

Numerosos vendedores que vendem bens e serviços substitutos próximos aos compradores caracterizam uma competição monopolística. Um produtor dominante domina em relação aos produtos produzidos e à determinação de preços na competição monopolística.

Custos de venda da concorrência perfeita e monopolística

Na competição monopolística, todas as empresas da estrutura de mercado produzem produtos e serviços diferentes, o que significa que cada empresa arca com os custos de venda e comercialização dos produtos. Cada grupo deve anunciar seus produtos ou serviços distintos.

A concorrência perfeita é caracterizada por bens e serviços semelhantes, que são vendidos a preços uniformes. Além disso, os custos de venda são menores porque as empresas do setor compartilham os custos de publicidade dos bens e serviços oferecidos.

Receita média e receita marginal para concorrência perfeita e monopolística

A receita média (AR) e a receita marginal (MR) são iguais em concorrência perfeita. Isso significa que, quando as curvas são traçadas em um gráfico, a curva de receita média coincide com a curva de receita marginal.

AR = MR

Em um cenário monopolístico, a receita média (AR) é maior do que a receita marginal (RM) em uma competição monopolística porque qualquer empresa que deseja aumentar suas vendas deve baixar os preços de seus bens e serviços.

AR> MR

Inclinação da curva de demanda

A inclinação da curva de demanda em competição perfeita é horizontal, o que mostra a demanda elástica perfeita. Isso significa que uma pequena mudança nos preços dos bens e serviços leva a uma mudança infinita no número de produtos ou serviços demandados.

A inclinação da curva de demanda em um monopólio mostra uma trajetória descendente, que é uma representação da demanda elástica. Isso significa que as mudanças nos preços levam a mudanças relativamente significativas na quantidade.

Barreiras de entrada e saída

Qualquer empresa disposta a entrar e sair de uma competição perfeita pode fazê-lo sem dificuldades. É por isso que uma competição perfeita faz com que muitas empresas saiam e entrem em um mercado caracterizado por competições perfeitas.

A entrada e saída na competição monopolística é uma tarefa difícil. Novas empresas temem entrar nesses mercados porque já existe uma empresa dominante. Além disso, as empresas dominantes têm dificuldade em deixar esses mercados por causa dos lucros que estão obtendo.

Diferença entre concorrência perfeita e concorrência monopolística: tabela de comparação

Resumo da competição perfeita vs. competição monopolística

  • Competições perfeitas e monopolísticas são cenários de mercado que descrevem o nível de competição em uma região geográfica específica.
  • A concorrência perfeita descreve uma estrutura de mercado onde muitos vendedores estão vendendo bens e serviços semelhantes e muitos compradores compram produtos e serviços relacionados.
  • Muitos vendedores que vendem bens e serviços a compradores caracterizam uma competição monopolística. No entanto, um vendedor dominante está controlando o mercado em relação aos preços e qualidade dos produtos.
  • Outras diferenças entre a concorrência perfeita e a concorrência monopolística incluem as barreiras de entrada e saída, a inclinação da curva de demanda, receita média e receita marginal, padronização do produto e determinação do preço, entre outras.