Diferença entre eletricidade CA e CC

AC VS. ELETRICIDADE DC

Usamos eletricidade com tanta frequência em nossas vidas que tendemos a esquecer que existe mais de uma forma na natureza: existe a CA (corrente alternada) e a CC (corrente contínua). Essas duas formas, embora ambas sejam basicamente correntes elétricas, têm muitas diferenças em como se comportam e funcionam. Isso é particularmente importante saber por causa das aplicações específicas para as quais os dois tipos de corrente elétrica são mais adequados. Com as preocupações com a energia que prevalecem em nosso mundo hoje, seria melhor para todos entenderem quais são as diferenças entre AC e DC.

A corrente alternada (AC) é a forma mais comum em nosso mundo moderno. A eletricidade que nossas casas, escritórios, escolas e outros estabelecimentos recebem das usinas é na forma de CA. A razão para isso é que a eletricidade AC pode ser transmitida de forma eficiente, o que facilita a transferência da fonte (ou seja, a rede elétrica) para o consumidor (como suas casas, por exemplo). Em comparação com os primeiros anos, quando a eletricidade estava se tornando apenas uma necessidade doméstica, as casas e estabelecimentos modernos costumam receber mais energia do que realmente consomem.

O termo 'Corrente Alternada' veio do simples facto que a corrente inverte em certos intervalos, ou seja, ela muda de 'direção' quando flui. Este intervalo varia de acordo com sua localização e as necessidades da área. Por exemplo, os EUA têm intervalos diferentes para o AC viajando através de linhas de energia do que os países da Europa ou Ásia. A faixa de frequência é de 50 ou 60 Hz e em alguns países, como o Japão, ambos são usados. Para ilustrar melhor, a usina local poderia fornecer alguns milhões de volts de eletricidade CA por meio de linhas de força; uma vez que essa energia chega à área de consumo, então o princípio do uso de transformadores entra em ação. Um transformador pode ser usado para aumentar ou diminuir a quantidade de saída elétrica, embora mais frequentemente o último seja usado para consumo seguro. A energia seria convertida para uma tensão mais baixa e, quando finalmente chegasse às suas casas, a tomada da parede provavelmente teria uma saída de cerca de cem volts.

Na outra extremidade, você tem Corrente Contínua (DC); também era amplamente conhecido como corrente galvânica em suas primeiras aplicações. Como se poderia suspeitar, a eletricidade DC não muda constantemente. Este tipo de corrente flui em uma direção e nenhuma mudança ocorre em como ela flui. Seu comum bateria é um exemplo de dispositivo que produz eletricidade DC. Células solares e baterias de automóveis também são exemplos comuns. Lembra das duas pontas da bateria? Existe um positivo e um negativo, certo? Essas são indicações de eletricidade DC, pois não alteram o fluxo; positivo permanece positivo e vice-versa.

No início do século 19, a eletricidade CC era a forma usada para fornecer energia nos Estados Unidos; no entanto, a eletricidade DC tinha a falha de perder energia depois de viajar uma certa distância, cerca de um quilômetro ou mais. Foi durante a última parte deste século que a eletricidade CA se tornou a forma ideal e preferida usada para distribuir grandes quantidades de energia por grandes distâncias. No entanto, desenvolvimentos recentes em tecnologia tornam possível e prático distribuir e usar eletricidade CC da mesma maneira que eletricidade CA.

Devido à natureza de certos dispositivos e aparelhos, meios para transformar CA em CC estão disponíveis, principalmente nos dias de hoje. Por exemplo, laptops normalmente usam baterias como sua principal fonte de eletricidade. Com um adaptador conectado, ele transforma o CA das tomadas de parede que sua bateria CC pode usar para alimentar o laptop e se recarregar. A conversão de DC para AC é menos comum; o uso mais comum disso é em automóveis. A bateria é DC e um alternador a transforma em AC, que por sua vez é distribuída como DC por todos os sistemas do carro.

Resumo:

1. Corrente alternada (CA) refere-se à energia elétrica que muda constantemente de fluxo em intervalos ou dependendo de seu uso. Corrente contínua (DC) refere-se à energia elétrica que flui em uma direção unilateral e geralmente é caracterizada por uma extremidade positiva e negativa.
2. AC é mais eficiente para distribuição em longas distâncias sem perda de energia, como no caso das usinas. DC é preferível para itens menores ou distribuição isolada, como baterias e células solares.
3. AC pode ser transformado em DC, e vice-versa, através do uso de adaptadores, dependendo das necessidades do dispositivo.